30
Outubro
09h00 - 18h30
S. Miguel | Teatro Micaelense

Speakers:

speaker
Major-General (Res) José Filipe da Silva Arnaut Moreira
speaker
Professor Doutor Henrique Domingos
FCT/UNL
speaker
Dra. Cláudia Cunha
SIS
speaker
Professor Doutor João Confraria
UCP
speaker
Eng. José Alegria
Altice
speaker
Professor Doutor Luís Filipe Antunes
FCUP
speaker
Coronel João Barbas
IDN
speaker
CMG Fialho de Jesus
CCD
speaker
Eng. Gonçalo Sousa
CNCS
governo dos açores

Conheça os nossos Termos e Condições

© 2021 Zona de Ideias | Todos os direitos reservados

facebook
line line line
Sobre
Nós

Azores Cyber Talks 2019 – Evento Tecnológico

Em outubro comemora-se o Mês Europeu da Cibersegurança (European Cyber Security Month - ECSM), pelo sexto ano consecutivo, com centenas de eventos e atividades distribuídas em 28 países europeus.

O Governo Regional dos Açores através da Secretaria Regional dos Transportes e  Obras Públicas, aliou-se a esta iniciativa e irá realizar pela primeira vez nos Açores, dia 30 de outubro, o Azores Cyber Talks 2019, evento dedicado à segurança e à defesa do ciberespaço.

Cibersegurança e a Ciberdefesa são atualmente entendidas como processos de gestão, que devem ser implementados, de forma horizontal, em qualquer organização, abrangendo todos os seus recursos, disseminando conceitos e práticas e garantindo maior resiliência e segurança nas instituições e empresas da Região Autónoma dos Açores.

Esta iniciativa representa uma oportunidade para pensar e discutir a cibersegurança, partilhando a visão de algumas das referencias nacionais nesta matéria. Sensibilizar e desenvolver massa critica, conhecer os benefícios e consequentes riscos, perspetivar, potenciar e defender o futuro, no que respeita à tecnológica no âmbito global do ciberespaço.

icon play
line
Programa . 30 Outubro 2019
09:00-09:15

Acreditação

09:15-09:30

Sessão de abertura

09:30-11:00

1º Painel | Perspetiva Global do Ciberespaço

Evolução e desafios futuros do Ciberespaço | Major-General (Res) José Filipe Arnaut Moreira

A Nova Sociedade da Informação e os Desafios da Segurança, Privacidade e Confiabilidade | Professor Doutor Henrique Domingos (FCT/UNL)

Debate com o público

11:00-11:15

Coffee break

11:15-12:45

2º Painel | Economia e Tecnologia

Espionagem Económica e Protecção do Conhecimento | Dra. Cláudia Cunha (SIS)

TIC, Desenvolvimento Económico e I&D | Professor Doutor João Confraria (UCP)

Debate com o público

12:45-14:30

Almoço

14:30-16:00

3º Painel | Ciberdefesa

Resiliência Cibernética e Proteção de IIC | Eng. José Alegria (Altice)

Guerra da informação | Professor Doutor Luis Filipe Antunes (FCUP)

Debate com o público

16:00-16:15

Coffee break

16:15-18:25

4º Painel | Visão nacional

Segurança e Defesa do Ciberespaço | Coronel João Barbas (IDN)

Segurança e Defesa do Ciberespaço: Visão nacional | CMG Fialho de Jesus (CCD)

Estratégias Nacionais de Cibersegurança | Eng. Gonçalo sousa (CNCS)

Debate com o público

18:25-18:35

Encerramento

line line line
Speakers
foto do speaker
Major-General (Res) José Filipe da Silva Arnaut Moreira

O Major-General   Arnaut Moreira nasceu em Coimbra em 22 de Maio de 1959 e passou à Reserva com  38 anos de carreira militar.

Entrou para a Academia Militar em 1977, tendo completado duas licenciaturas:

A Licenciatura em Ciências Sócio-Militares – Transmissões, pela Academia Militar

e a Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e Computadores pelo Instituto Superior Técnico

Entre vários cursos de promoção e qualificação, destacam-se:

O Curso de Estado -Maior pelo Instituto de Altos Estudos Militares

O Curso do Collège Interarmées de Défense, Paris

O Curso de Promoção a Oficial General pelo Instituto de Estudos Superiores Militares

Como  oficial superior desempenhou, entre outras funções, as de: 

Professor na Academia Militar e no Instituto de Altos Estudos Militares

Intelligence Officer no Quartel General da NATO — Madrid

Adjunto do General Chefe de Estado -Maior do Exército

Comandante da Escola Prática de Transmissões

Foi promovido a Major-General em 2010, desempenhando  funções no Ministério da Defesa Nacional como:

Subdiretor-Geral de Política de Defesa Nacional

Chefe do Gabinete do Ministro da Defesa Nacional

Entre 2013 e 2016 foi Diretor de Comunicações e Sistemas de Informação do Exército

Actualmente lecciona Geopolítica e Geoestratégia na Universidade Nova

É Membro da Sociedade de Geografia de Lisboa

Acompanha com especial interesse as questões do Ciberespaço, da Geopolítica e da Conflitualidade Regional

speaker
Major-General (Res) José Filipe da Silva Arnaut Moreira
speaker
Professor Doutor Henrique Domingos
FCT/UNL
speaker
Dra. Cláudia Cunha
SIS
speaker
Professor Doutor João Confraria
UCP
speaker
Eng. José Alegria
Altice
speaker
Professor Doutor Luís Filipe Antunes
FCUP
speaker
Coronel João Barbas
IDN
speaker
CMG Fialho de Jesus
CCD
speaker
Eng. Gonçalo Sousa
CNCS
foto do speaker
Major-General (Res) José Filipe da Silva Arnaut Moreira

O Major-General   Arnaut Moreira nasceu em Coimbra em 22 de Maio de 1959 e passou à Reserva com  38 anos de carreira militar.

Entrou para a Academia Militar em 1977, tendo completado duas licenciaturas:

A Licenciatura em Ciências Sócio-Militares – Transmissões, pela Academia Militar

e a Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e Computadores pelo Instituto Superior Técnico

Entre vários cursos de promoção e qualificação, destacam-se:

O Curso de Estado -Maior pelo Instituto de Altos Estudos Militares

O Curso do Collège Interarmées de Défense, Paris

O Curso de Promoção a Oficial General pelo Instituto de Estudos Superiores Militares

Como  oficial superior desempenhou, entre outras funções, as de: 

Professor na Academia Militar e no Instituto de Altos Estudos Militares

Intelligence Officer no Quartel General da NATO — Madrid

Adjunto do General Chefe de Estado -Maior do Exército

Comandante da Escola Prática de Transmissões

Foi promovido a Major-General em 2010, desempenhando  funções no Ministério da Defesa Nacional como:

Subdiretor-Geral de Política de Defesa Nacional

Chefe do Gabinete do Ministro da Defesa Nacional

Entre 2013 e 2016 foi Diretor de Comunicações e Sistemas de Informação do Exército

Actualmente lecciona Geopolítica e Geoestratégia na Universidade Nova

É Membro da Sociedade de Geografia de Lisboa

Acompanha com especial interesse as questões do Ciberespaço, da Geopolítica e da Conflitualidade Regional

foto do speaker
Professor Doutor Henrique Domingos
FCT/UNL

Doutorado em Informática (Ciências da Computação) pela Universidade Nova de Lisboa, Professor do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (DI/FCT/UNL) e Investigador do Centro de Investigação NOVA-LINCS (NOVA Laboratory for Informatics and Computer Science). Atualmente é membro do Executive Board da ISOC – Internet Society (Portugal Chapter). Anteriormente foi Professor do Departamento de Informática na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL). Desde 2000 e em diferentes períodos, foi Professor convidado e investigador visitante na Universidade de Cornell e Universidade de Rutgers (Estados Unidos), Universidade de Vrije (Amsterdão/Holanda) e INRIA – Institute Nacional de Recherge en Informatique (França). Trabalhou ainda como Post-Doc e Investigador em projetos de I&D, no quadro de parcerias industriais, tendo desempenhado tarefas nas seguintes empresas: IBM (International Education Centers em La Hulpe – Bélgica e Londres – Reino Unido), IBM Research (Zurich/Suiça), INRIA – Institut National de Recherche en Informatique et en Automatique (Paris-Rocquencourt, França) e Chòrus Systèmes (Saint Quientin-Yvelines, França).

No Centro de investigação NOVA LINCS desenvolve atualmente atividades de de investigação em Segurança, Privacidade e Confiabilidade para Sistemas Distribuídos de Grande Escala e Sistemas para Edge-Computing. No decurso de atividades de extensão académica colaborou em ações de consultoria e auditoria nas área da segurança e coordenação de projetos de sistemas de informação em diferentes sectores da administração pública, nos sectores da banca e serviços financeiros e em projetos de parcerias no sector da saúde. Entre 1996 e 2014, foi coo-fundador de quatro empresas, com particular intervenção na área da Banca e Serviços Financeiros, Plataformas OmniBanking, Sistemas e Meios de Pagamento, Plataformas Core-Banking e integração destes sistemas em plataformas de logística e distribuição.

foto do speaker
Dra. Cláudia Cunha
SIS

Coordenadora do Programa de Proteção do Conhecimento do Serviço de Informações de Segurança.

Formada em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa.

Master in Business Administration pela Universidade de Navarra, no IESE Business School em Barcelona; com intercâmbio na Kellogg School of Management, da Northwestern University, em Chicago.

Antes de integrar o Serviço de Informações de Segurança, trabalhou vinte anos em empresas como a KPMG; MckInsey & Company e Unilever Portugal.

Depois de mais de uma década no departamento de contraespionagem do Serviço de Informações de Segurança,  especializou-se em Espionagem Económica.

foto do speaker
Professor Doutor João Confraria
UCP

Doutor em Economia pela Universidade Católica Portuguesa em 1991, Mestre em Economia pela Universidade Nova de Lisboa em 1988 e licenciado em Economia pela Universidade Católica Portuguesa em 1982.

Professor auxiliar da Universidade Católica Portuguesa onde lecciona nas áreas de Regulação e Concorrência e Políticas Públicas e é co-coordenador do Mestrado em Direito e Gestão da Católica Lisbon School of Business and Economics e da Faculdade de Direito da Universidade Católica.

Exerceu funções públicas como administrador da Anacom – Autoridade Nacional de Comunicações (2012 – 2017), administrador e vice-presidente do Conselho Diretivo do Instituto Nacional da Aviação Civil (2007-2011), representante do governo português no Eurocontrol (2011) e administrador do ICP-Anacom (1996 - 2002).

Na Universidade Católica foi diretor do Centro de Estudos Aplicados (2005-2008), Coordenador dos Programas para Executivos em Economia e Direito da Regulação e da Concorrência (2003-2009) e Membro da Direção do Programa de MBA (1991-1993).

É autor de diversas publicações nas áreas de Regulação e de Política Industrial.

foto do speaker
Eng. José Alegria
Altice

José Alegria é o Chief Security Officer (CSO) da Altice Portugal e Coordenador do Programa CyberWatch ao nível de todo o Grupo Altice. O Cyber Security Operations Center e o CSIRT da Portugal Telecom estão sob a sua responsabilidade. É ainda membro do Advisory Group on Communication Providers do EUROPOL European Cybercrime Center (EC3).

Anteriormente à Altice Portugal e Portugal Telecom foi CTO da ONI Telecom, CEO da BanifServ do Grupo Banif, Diretor Coordenador do Grupo BPI, membro da Comissão Executiva da IBM Portugal onde lançou o Prémio Científico IBM, e responsável pelo EuroAce da Data General Europa.

É Eng.º Informático pela FCT/UNL tendo feito a sua pós graduação em Ciência e Engenharia da Computação como bolseiro da Gulbenkian e como Fulbright Visiting Scholar na Ohio State University nos EUA. Foi durante vários anos docente no Departamento de Informática da FCTL/UNL tendo sido responsável de várias cadeiras tecnológicas da sua Licenciatura e do seu Mestrado. Tem, nos últimos 14 anos, colaborado com diversas universidades na supervisão de mais de 20 projetos de mestrado em ciber segurança e áreas associadas.

Foi membro fundador do Colégio de Engª Informática da Ordem dos Engenheiros, tendo sido seu vogal e membro do seu Comité de Admissão e Qualificação.

Em termos técnicos os seus interesses atuais centram-se na integração e aplicação de técnicas de Machine Learning ao domínio da ciber segurança.

foto do speaker
Professor Doutor Luís Filipe Antunes
FCUP

Luís Filipe Coelho Antunes. Professor Catedrático do Departamento de Ciência de Computadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP). Director do Centro de Competências em Cibersegurança e Privacidade da Universidade do Porto. Membro do Conselho Científico da FCUP, membro do conselho geral da Universidade do Porto e membro do Conselho para a Administração Eletrónica na Universidade do Porto.

Desenvolve actividade de investigação na área de segurança informática, gestão de identidade digital, privacidade e proteção de dados. Tem várias publicações científicas, orientou vários alunos de Doutoramento e pertence a vários projectos de investigação nacionais e internacionais.

É responsável por disciplinas e cursos na área da segurança e a sua visibilidade leva-o a sere periodicamente convidado para programas de televisão e palestras nacionais e internacionais, tendo já feito algumas palestras por convite em eventos organizados pela Comissão Nacional de Proteção de Dados.

Sócio fundador de três empresas HealthySystems (www.hltsys.pt), Adyta (www.adyta.pt) e TekPrivacy (www.tekprivacy.pt) spin-offs da Universidade do Porto e alojada na UPTec.

Está credenciado pelo Gabinete Nacional de Segurança (GNS) para acesso a informação confidencial, colabora regularmente com o GNS, com a Comissão Nacional de Proteção de Dados e a Procuradoria Geral da República na área do cibercrime e é expert na ENISA (European Union Agency for Network and Information Security) nas área de eID, eGov e eHealth.

foto do speaker
Coronel João Barbas
IDN

João Assis Barbas é Mestre em Administração de e Gestão de Empresas (MBA) com especialização em Gestão da Informação (UCP, 1997); Licenciado em Ciências Militares – Ramo Artilharia (Academia Militar, 1984) e em Engenharia de Sistemas Decisionais (COCITE, 1999); Possui ainda uma pós-graduação em Investigação Operacional e Análise de Sistemas (USA, 1990).

Ao longo de sua carreira militar desempenhou diversas funções em unidades do Exército Português e da NATO, tendo sido nomeadamente, Diretor e Subdiretor do Centro de Informática do Exército (2004 a 2007) e Chefe de Estado-Maior e Chefe da Divisão de Operações do Joint Analysis and Lessons Learned da NATO (2007 a 2013).

Nos últimos 20 anos tem ainda desempenhado funções de docência em diversos estabelecimentos de Ensino Superior Universitário e Politécnico, nas áreas da Investigação Operacional, Tecnologias de Informação e Segurança da Informação.

foto do speaker
CMG Fialho de Jesus
CCD

É o chefe do Centro de Ciberdefesa (CCD) das Forças Armadas, desde Setembro de 2017.

Possui uma licenciatura em Ciências Militares Navais-curso de Marinha pela Escola Naval, com especialização em Comunicações e Guerra Eletrónica.

Pós-graduado em Sistemas de Informação (POSI) pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (INESC).

Auditor de Defesa Nacional (13/14).

Na área das Comunicações e Sistemas de Informação (CSI) e da Ciberdefesa (mais recentemente) desempenhou funções embarcado em diversas classes de navios e em terra nos:

  • Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), na área de gestão de espectro e POC junto da ANACOM, na área do planeamento e condução de exercícios. Representante nacional no NATO Frequency Management Sub Committee.
  • Estado-Maior da Armada (EMA), na área da segurança da informação.
  • Supreme Headquarters Allied Powers Europe (SHAPE) - NATO/Bélgica, onde integrou diversas equipas de planeamento de exercícios e operações, secretário do NATO Exercises CIS Support Meetings (NECSM) e professor na NATO CIS School (NCISS) – Latina.

O mais recente cargo na Marinha foi o de diretor do Centro de Comunicações, de Dados e de Cifra da Marinha (CCDCM), tendo sido o representante português no NATO C3 Concepts and Requirements (Maritime) Capability Team (MC3CaT) e no Multi-National Maritime Information Services Interoperability (M2I2).

Na área da Ciberdefesa liderou o Grupo de Trabalho para a elaboração de um Plano de Desenvolvimento da Capacidade de Ciberdefesa, representa Portugal em diversos Fóruns, nomeadamente no Steering Committee do NATO Cooperative Cyberdefence Centre Of Excellence (CCDCOE), no Cyber Commanders Forum (CCF) e no Fórum Ibroamericano de Ciberdefesa (FIC).

foto do speaker
Eng. Gonçalo Sousa
CNCS

Gonçalo Sousa terminou o curso de Engenheira mecânica na Escola Naval em 1999, tendo entre 1999 e 2007 estado embarcado em diversas unidade navais. Em 2008 foi responsável pela unidade treino a combate a incêndios da Marinha.

Em 2010 completou um Master of Science in Computer Science, nos Estados Unidos da América, em 2011 o curso de promoção a Oficial Superior, Instituto de Estudos Militares, tendo sido responsável pelo desenvolvimento de software operacional para a Marinha entre 2010 e 2014.

É Doutorando em Direito e Cibersegurança, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, com dissertação entregue.

Consultor no CNCS desde 2014, assegura a representação no Horizontal Working Party on Cyberissues do Conselho da União Europeia; International Visitor Leadership Program, Cyber Security and Cyber Defense,  Norte Americano; International Cyber-Terror War Game, Israelita; Group of Experts, from Technical Assistance and Information Exchange instrument, Comissão Europeia; Approval Authority in NATO Malware Information Sharing Platform; Grupo Informal de Contacto sobre Ameaças Híbridas, do MNE; e no Fórum Nacional de Governação da Internet.

É igualmente palestrante convidado em diversos cursos, e Keynote e orador em várias conferências. Tem como áreas de interesse e investigação, aspetos legais e estratégicos da Cibersegurança.

line
Edições Anteriores
2019
line line line
Conferências
line
Programa . 30 Outubro 2019
09:00-09:15

Acreditação

09:15-09:30

Sessão de abertura

09:30-11:00

1º Painel | Perspetiva Global do Ciberespaço

Evolução e desafios futuros do Ciberespaço | Major-General (Res) José Filipe Arnaut Moreira

A Nova Sociedade da Informação e os Desafios da Segurança, Privacidade e Confiabilidade | Professor Doutor Henrique Domingos (FCT/UNL)

Debate com o público

11:00-11:15

Coffee break

11:15-12:45

2º Painel | Economia e Tecnologia

Espionagem Económica e Protecção do Conhecimento | Dra. Cláudia Cunha (SIS)

TIC, Desenvolvimento Económico e I&D | Professor Doutor João Confraria (UCP)

Debate com o público

12:45-14:30

Almoço

14:30-16:00

3º Painel | Ciberdefesa

Resiliência Cibernética e Proteção de IIC | Eng. José Alegria (Altice)

Guerra da informação | Professor Doutor Luis Filipe Antunes (FCUP)

Debate com o público

16:00-16:15

Coffee break

16:15-18:25

4º Painel | Visão nacional

Segurança e Defesa do Ciberespaço | Coronel João Barbas (IDN)

Segurança e Defesa do Ciberespaço: Visão nacional | CMG Fialho de Jesus (CCD)

Estratégias Nacionais de Cibersegurança | Eng. Gonçalo sousa (CNCS)

Debate com o público

18:25-18:35

Encerramento

line line line
Política de Privacidade

O sítio cybertalks.azores.gov.pt disponibiliza informação a todos os cidadãos e entidades, públicas ou privadas, de forma gratuita.

As informações disponibilizadas através do sítio podem ser utilizadas para uso pessoal ou público, desde que sem finalidades lucrativas ou ofensivas, obrigando-se os interessados a identificar de forma expressa e destacada a SRTOP como sua autora. A republicação de qualquer conteúdo, para efeitos de divulgação ou venda, requer a expressa autorização da SRTOP, sem a qual viola a legislação em vigor dos direitos de autor.

O sítio apresenta ligações a páginas de outras entidades, no sentido de facilitar o acesso a informação relacionada com as matérias que trata. A SRTOP, apesar de selecionar criteriosamente as ligações que o sítio faculta, não se responsabiliza pela atualidade, veracidade, qualidade ou integridade das informações e conteúdos disponibilizados nesses sítios, nem por quaisquer ações maliciosas ou danosas, diretas ou indiretas, daí resultantes.

Quaisquer tentativas de alteração ou carregamento de informação neste sitio ou qualquer outra ação que possa causar danos ou colocar em risco a integridade do sistema, são estritamente proibidas e serão punidas de acordo com a legislação em vigor.

O responsável pelo tratamento dos dados pessoais recolhidos através do sítio é a SRTOP, sita no Largo do Colégio 4, 9500 Ponta Delgada, telefone 296 206 200 e correio eletrónico SRTOP-info@azores.gov.pt. O encarregado de proteção de dados poderá ser contacto através do email SRTOP-epd@azores.gov.pt;

Os dados pessoais recolhidos (nome, email, empresa, cargo, país e qualquer outro não especificado aqui que não seja dado de faturação) serão utilizados unicamente para registo no formulário do Evento e para a gestão do mesmo pela SRTOP. após obtermos o seu consentimento prévio e expresso.

O dado pessoal "email" é de preenchimento obrigatório para podermos enviar notificações relevantes relacionadas com o estado da inscrição, com alterações ou outras informações úteis gerais relativas ao evento, pelo que sem este dado não poderemos realizar a inscrição.

Os restantes dados (nome, empresa, cargo, país e qualquer outro não especificado que não seja dado de faturação) permitem-nos personalizar a comunicação e realizar análises analíticas dos participantes inscritos de modo a adequarmos os conteúdos e filtrar o envio de notificações.

O sítio, através do Google Analytics, recolhe ainda os seguintes dados de forma agregada:

  • origem geográfica (cidade, país)
  • idioma
  • tipo de dispositivo
  • sistema operativo
  • browser
  • operadora
  • idade
  • género
  • data e hora do acesso
  • endereços dos dados de referenciação
  • endereço de IP

Os dados recolhidos são tratados e processados, nos termos da lei, destinando-se a permitir:

- a monitorização, pela SRTOP, de toda a informação estatística relativa à utilização do sítio de forma agregada e anónima, sendo que os dados utilizados para este fim não contêm dados de identificação pessoal ou informação privada dos utilizadores;

- a realização de análises estatísticas efetuadas a partir dessa informação para interpretar os padrões de utilização do sítio e melhorar os níveis de serviço e a satisfação do utilizador.

As informações pessoais dos utilizadores não são vendidas nem alugadas a terceiros, sendo que apenas a informação estatística poderá ser revelada a terceiros ou publicamente, nos termos da legislação aplicável.

Os dados em questão não serão utilizados para nenhuma outra finalidade, sendo conservados pela SRTOP durante o prazo legalmente estabelecido.

Poderão exercer os direitos previstos na legislação (acesso, retificação, apagamento, limitação, oposição, portabilidade) através de contacto escrito para o especificado no formulário de registo, sem prejuízo do direito a apresentar reclamação à autoridade de controlo competente.

Quando nos envia os seus dados pessoais, estes serão protegidos através de protocolos de segurança adequados às comunicações via internet.

Assumimos para com os utilizadores do sítio os seguintes compromissos:

  • Proceder ao tratamento de dados de forma lícita e leal, recolhendo apenas a informação necessária e pertinente à finalidade a que se destinam;
  • Não utilizar os dados recolhidos para finalidades incompatíveis com a da recolha;
  • Garantir ao utilizador registado a possibilidade de aceder, atualizar e retificar os seus dados pessoais através da sua conta, ou cancelar o seu registo livremente;
  • Garantir os direitos à limitação do tratamento, ao esquecimento e ao apagamento dos dados pessoais quando requeridos pelo titular dos mesmos, e conforme disposto na legislação aplicável;
  • Ter sistemas de segurança que garantam a confidencialidade e integridade dos dados e que impeçam a consulta, modificação, destruição ou adição dos dados por pessoa não autorizada a fazê-lo e que permitam detetar desvios de informação intencionais ou não;
  • Respeitar o sigilo profissional em relação aos dados tratados;
  • Não realizar interconexão de dados pessoais, salvo autorização legal ou autorização da CNPD.
line
Termos e Condições

Os dados pessoais recolhidos serão tratados pela SRTOP para efeitos de registo, gestão de registo dos participantes no evento, análise estatística sobre a tipologia dos participantes e divulgação do evento.

Informação Referente a tratamento de dados pessoais de acordo com a Politica de Privacidade, aqui publicada.

topo